Rostos

Nesta semana que terminou, passei uma manhã numa sala de espera de um hospital. Como saí de casa a correr, o livro ficou na mesinha de cabeceira. Durante o tempo que lá estive dei por mim a fazer uma coisa que costumava fazer em criança, observar as pessoas ao meu redor e imaginar histórias bonitas sobre elas.

Continue Reading

Como tudo começou

Era uma vez, uma mãe de terceira viagem, que andava encantada com a sua bebé e com as aprendizagens escolares das suas filhas mais velhas.

Adorava sentir o calor da sua pequena C. junto do seu peito, vê-la a dormir no seu colo e passear com ela no pouch sling, que foi das manas.

Continue Reading